Recentes ·

41719271 1946378742088670 7030484945243996160 o
33ª jornada internacional do CILSS

18/09 às 15:42

As atividades deste ano incluíram plantações de árvores na Serra Malagueta e uma exposição de produtos florestais não lenhosos e produtos reciclados. Durante o mês de setembro haverá ateliers sobre questões ligadas à segurança alimentar e o reforço da resiliência das populações. O Comité Permanente Inter-Estados de luta contra a seca no Sahel, foi criado em 1973, na sequência das grandes secas que assolaram o Sahel na década de 70. O objetivo central é promover a segurança alimentar e lutar contra os efeitos adversos da seca e desertificação, promovendo o equilíbrio ecológico no Sahel. Atualmente, o Comité conta com treze estados-membro: Benim, Costa do Marfim, Gâmbia, Guiné, Guiné-Bissau, Mauritânia, Senegal, Togo, Burkina Faso, Mali, Níger, Tchade e Cabo Verde. O Sahel consiste numa região em que a insegurança alimentar é considerada crónica. Trata-se de uma zona constantemente confrontada com oscilações de produção, causadas tanto pelas fragilidades intrínsecas do Sahel e da África Ocidental, quanto pelas mudanças climáticas e transformações ligadas ao crescimento demográfico, urbanização e fragilização dos meios naturais. Assim, a segurança alimentar é, desde os anos 70, uma questão estratégica para os países da região. Em Cabo Verde, no âmbito da segurança alimentar a ênfase é dada aos stocks dos Produtos Alimentares de Primeira Necessidade (PAPN). Fontes de informação: https://www.facebook.com/MAA.gov.cv/ http://www.arfa.cv/index.php/noticias/957-cilss-comemora-43-anos

15994960 1298505703542647 981717193356057032 o
Publicação do diploma em Boletim Oficial do Governo - Direito Humano a uma Alimentação Adequada

23/08 às 11:58

Assim, reconhece-se Direito Humano à Alimentação Adequada, mediante a garantia de um acesso permanente e estável dos indivíduos à uma alimentação suficiente, saudável, nutritiva e segura, adaptando-se sempre às suas necessidades e preferências alimentares e culturais. Aplicada a todos os indivíduos sob jurisdição cabo-verdiana, assim como às entidades da administração central e local, ao setor privado e sociedade civil, cujas atividades incidam sobre o setor da Segurança Alimentar e Nutricional, a presente Lei entra em vigor no prazo de 90 (noventa) dias a contar da data da sua publicação. A Lei nº 37/IX/2018 define ainda, a Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (PNSAN), o Planeamento da Segurança Alimentar e Nutricional e a Estratégia Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (ENSAN). Poderá consultar o documento em anexo. Fonte de informação: https://www.arfa.cv/index.php/noticias/1354-publicado-o-diploma-que-estabelece-os-principios-que-garantam-o-reconhecimento-e-exercicio-efetivo-do-direito-humano-a-uma-alimentacao-adequada

Programa Nôs terra, Agricultura e Ambiente

14/08 às 18:22

O Programa Nôs terra, Agricultura e Ambiente, é um programa televisivo que fala sobre vários temas dos setores agrícola e ambiental em Cabo Verde. O Programa é desenvolvido pelo Ministério da Agricultura e Ambiente A 1ª edição foi publicada no passado dia 6 de agosto e focou-se na optimização do efectivo animal durante o período de seca e a preparação da campanha agrícola de 2018/2019. Neste momento segue na 3ª edição do Programa. Para mais informações: https://www.facebook.com/MAA.gov.cv/

Ver mais

Destaque ·

Page 1
Promover a inovação nos sectores agrícola, alimentar e florestal em Cabo Verde - A importância de uma rede de partilha de conhecimento e tecnologia

19/01 às 10:49

A elaboração do presente documento teve como objetivo a realização de um levantamento e caracterização inicial da situação atual da agricultura e desenvolvimento rural em Cabo Verde. Este levantamento foi realizado de um ponto de vista científico e tecnológico, abrangendo tanto o sector público como o sector privado. Esta caracterização é essencial para o desenvolvimento de propostas de diretrizes para a promoção da inovação nos sectores agrícola, alimentar, florestal e ambiental, nomeadamente no que se refere à criação de uma rede nacional de partilha de conhecimento e tecnologia em Cabo Verde. O processo de levantamento e caracterização dos sectores agrícola, alimentar e florestal foi realizado através de: - Contacto com universidades e instituições relevantes quer para os sectores agrícola, alimentar e florestal quer para a inovação; - Recurso a artigos científicos, documentos oficiais e informações disponíveis online. Em alguns casos não foi possível confirmar as informações obtidas através das páginas Web oficiais das instituições, pelo que algumas delas podem encontrar-se desatualizadas. 2016/2017 Pode fazer o download do documento em anexo ou consultar o ebook em: https://issuu.com/inovisa/docs/skan_cplp_cv_final

Logo asti
Projeto ASTI (Indicadores de Ciencia e Tecnologia Agricola)

02/08 às 12:11

O protejo ASTI ( Indicadores de Ciência e Tecnologia Agrícola) é um protejo financiado pela Fundação Bil e Melinda Gates. Trabalha com alianças colaborativas com varias agências regionais e nacionais de investigação e desenvolvimento e também instituições internacionais. Este projeto é uma fonte de informação sobre os sistemas de investigação e desenvolvimento agrícolas nos países em desenvolvimento. As atividades desenvolvidas no âmbito do projeto, sao essencialmente fazer o levantamento, via inquérito, dos indicadores de investigação e desenvolvimento agrícola, nomeadamente, recursos humanos, financeiros e materiais. INVESTIGADOR RESPONSÁVEL: António Fortes - http://cv.skanplatform.org/users/557

Img771
  28 Mai
3ª Feira de Agro-Negócios - "Acrescentar Valor, Transformar e Internacionalizar"

25/05 às 21:42

À semelhança dos anos anteriores, a feira contará com a participação de Instituições governamentais, privados do sector agropecuário e ainda a presença de representações internacionais.

Ver mais

Eventos ·

Top 10 Utilizadores · Ranking